Federação Interestadual dos Policiais Civis das Regiões Centro-Oeste e Norte.

FEIPOL-CON visita Líder do Governo na Câmara dos Deputados, tem Reunião com Assessoria Parlamentar da Casa Civil e encontro na PGR

Deputado Major Victor Hugo, Líder do Governo, recebe representação de policiais civis

A Presidente da Feipol-CON, Marcilene Lucena e o Vice-Presidente da entidade, Giancarlo Miranda, tiveram agenda intensa nessa segunda-feira (18/02), em Brasília. Juntamente com outros líderes sindicais, como o Presidente da Cobrapol, André Gutierrez, visitaram o líder do Governo na Câmara Federal, o Deputado Major Victor Hugo, além de visitas à gabinetes da Casa Civil.

As pautas das agendas foram a Reforma da Previdência e o projeto de modernização da Polícia Civil, por meio da Lei Orgânica Nacional, com Carreira Única. “Há uma ansiedade muito grande por parte da categoria com relação a esses dois temas e estamos atuando fortemente para sensibilizar governo e parlamentares sobre essas questões que são tão caras para os profissionais que representamos”, apontou, Giancarlo.

Na Câmara dos Deputados, com o Major Victor Hugo, os sindicalistas ouviram que há a compreensão, por parte do parlamentar, da sensibilidade quanto a questão previdenciária e que, de fato, por exercerem atividade diferenciada, perigosa e insalubre, o texto da Reforma deve, sim, contemporizar os policiais. Sem adentrar propriamente no texto, o Líder do Governo disse que faz questão de ser um elo de conversas entre a categoria e o parlamento em busca de um texto que se aproxime de nossas expectativas, mas que também contribua de fato com o sacrifício que todos teremos que fazer em busca de um equilíbrio fiscal nas contas governamentais. “Compreendemos o papel do Líder do Governo e ter nos recebido e ainda se colocar à disposição ao diálogo é uma postura que temos que enaltecer. Deixamos claro o que queremos quanto a manutenção da atividade de risco, uma transição que não prejudique os que tanto já trabalharam e contribuíram com a sociedade, idades diferentes entre homens e mulheres, paridade e integralidade, tempo de contribuição e a garantia do amparo às famílias com uma pensão justa aos que ficarem no caso da morte do policial”, enfatizou, Lucena.

Deputado Federal Laudívio, assessor de articulação parlamentar da Casa Civil recebendo os sindicalistas

Houve ainda encontros com o mesmo tema junto à Casa Civil, com o Deputado Laudívio que no mesmo sentido se colocou à disposição para as discussões de interesse da polícia civil e quanto ao texto da Reforma da Previdência, este afirmou que houve um esforço para construção de um texto que diferencie e respeite as atividades desenvolvidas por policiais.

Procuradora Mara Eliza recepciona demanda dos representantes sindicais

Por fim, encerrando o dia produtivo de trabalho, os sindicalistas, liderados por André Gutierrez, estiveram com a Procuradora Federal, Mara Eliza de Oliveira, assessora da Procuradora Geral, Raquel Dodge, para tratar de ações judiciais que tramitam no órgão e questionam a “carreira jurídica” para delegados de polícia, alcançada em alguns estados, mas que não promove qualquer melhoria para a instituição e ainda desfigura o papel importante da carreira policial. Na conversa, a procuradora solicitou da COBRAPOL que encaminhasse todos os estudos, julgados e quaisquer outros tipos de material que auxiliasse o órgão a estabelecer uma posição sobre o tema. “Os delegados sempre atuaram em benefício próprio e a Instituição fica invariavelmente em segundo plano e isso é promovido pela falta de compromisso com a carreira policial, pois sempre buscaram ser apartados e com isso afundam cada vez mais a atuação da polícia civil que vive um fatal problema de gestão”, comentou, André Gutierrez, presidente da COBRAPOL.

A Presidente da Feipol-CON fez questão de agradecer os esforços do Sinpol-GO, na pessoa de Paulo, Keith e Antônio, presidente, vice-presidente e diretor jurídico, respectivamente, em conseguir agenda tão importante com o Líder do Governo que, a partir desta foram possíveis o acesso ao gabinete do Deputado Laudívio junto à Casa Civil. “Esse envolvimento e comprometimento das entidades é fundamental para o sucesso de nossas demandas e o Sinpol-Goiás é um grande parceiro nas lutas nacionais”, finalizou, Marcilene.

Participaram também das agendas citadas: O presidente da Feipol-SUL, Emerson Ayres; o presidente da FEPOLNORTE, Itamir Lima; os diretores do Sinpol-Amapá, Narcisa, Oleastro e José Maria e os diretores da UGEIRM, Neiva e Cládio;

Compartilhar.