Federação Interestadual dos Policiais Civis das Regiões Centro-Oeste e Norte.

Nova diretoria da COBRAPOL toma posse em clima de união e compromisso de luta!

O Clube AGEPOL, em Brasília, foi palco, no último dia 29 de junho, da solenidade de posse da nova Diretoria da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL), eleita para o quadriênio 2018-2022.

O evento, marcado pela união e compromisso de luta, contou com a representação da categoria de todo país, além de alguns convidados que representaram entidades de classe da segurança pública. Presidentes de sindicatos e de federações de praticamente todos os estados brasileiros marcaram presença.

A mesa dos trabalhos da posse foi composta pelo presidente da COBRAPOL, André Luiz Gutierrez; o presidente da AGEPOL, Hugo de Sousa Silva; o vice-presidente do SINPOL-DF, Paulo Roberto Souza; a presidente do SINDEPOL (Policiais Federais), Maria do Socorro Tinoco, que também representou a FENADEPOL; além dos presidentes das Federações Interestaduais filiadas à Confederação: Marcilene Lucena (Centro-Oeste), Leandro de Almeida Barbosa (Região Norte), Fábio Rossi Barddal Drummond (Sul), Constantino Júnior (Nordeste) e Aparecido Lima (Sudeste).

Após a entoação do Hino Nacional Brasileiro, os membros da mesa empossaram cada integrante da Diretoria, incluindo o Conselho Fiscal. Na sequência, os presidentes das Federações fizeram uso da palavra e foram unânimes em ressaltar o “novo momento” vivido pela entidade e as tarefas a serem implementadas. Reforçaram também a importância da integração entre os policiais civis, os sindicatos, as federações e a Confederação na defesa dos interesses da categoria.

Marcilene Lucena, presidente da FEIPOL-CON, que foi empossada como vice-presidente regional Centro Oeste, em seu pronunciamento, conclamou a categoria à “união em torno dos objetivos da COBRAPOL e dos policiais civis de todo país, diante da grave crise que atinge nossa categoria e nossa instituição”.

O vice-presidente do SINPOL-DF e o presidente da AGEPOL, anfitriões da solenidade, assim como a presidente do SINDEPOL, destacaram a importância da COBRAPOL na condução das causas dos policiais civis e desejaram sucesso aos empossados na gestão que se inicia.

Ao encerrar o ato de posse, o presidente Gutierrez falou da “nova caminhada que se inicia com os trabalhos da nova diretoria”, lembrando que “o nosso compromisso, nesse momento em que a Polícia Civil está sucateada em todo país, deve ser com a instituição e com o policial civil”, acrescentando que “temos uma proposta para resolver os entraves no funcionamento da Polícia Judiciária que é a Lei Orgânica da Polícia Civil, cuja proposta já apresentamos ao governo, ao Congresso Nacional e à sociedade”.

Outra frente de trabalho destacada pelo presidente da Confederação é o novo CPP (Código de Processo Penal) que tramita na Câmara dos Deputados. “Já nos reunimos com o relator da matéria e com vários parlamentares para apresentar nossas propostas que tem o objetivo de aperfeiçoar e tornar mais eficiente a ação da Polícia Judiciária em nosso país”, ressaltou.

“A Polícia Civil é uma só. Não existem duas. É nessa direção que vamos trabalhar, buscando sensibilizar a todos do que é melhor para a instituição e, consequentemente, para a segurança pública, setor essencial ao cidadão brasileiro, principalmente em momentos de crise como esse que estamos vivendo”, concluiu Gutierrez.

Fonte: Comunicação COBRAPOL/FEIPOL-CON

Compartilhar.